Tópicos
    IGREJA E RELIGIÃO / Todos
     Períodos
Galeria Multi Média
 
 
Católicos Progressitas.
Mantém-se a vigília e a grevo de fome pela Paz que um grupo de católicos iniciara em 30 de Dezembro e que logo nesse dia fora duramente reprimida, quando uma força da polícia de choque, comandada pelo capitão Maltez Soares, entra na Capela do Rato prende setenta pessoas, entre as quais se contam destacadas figuras da oposição.


1973 
Janeiro, 1 
 

 
Católicos Progressitas.
Em consequência da vigília pela Paz e dos acontecimentos na Capela do Rato, doze funcionários públicos são exonerados por decisão do Conselho de Ministros, entre os quais Francisco Pereira de Moura e Luís Moita.


1973 
Janeiro, 2 
 

 
Católicos Progressitas.
O Patriarcado emite uma nota em que condena quer a «Vigília da Capela do Rato» quer a repressão policial que se lhe seguiu. Mais tarde o Patriarca demite o Padre Alberto Neto, responsável pela Capela do Rato.


1973 
Janeiro, 10 
 

 
Fracturas no Regime.
Os deputados Francisco Sá Carneiro e Miller Guerra, da Ala Liberal, fazem uma primeira intervenção na Assembleia Nacional condenando a atitude das autoridades no Caso da Capela do Rato. (Marcelismo)


1973 
Janeiro, 16 
 

 
Católicos progressistas. Bispo de Nampula.
Bispo de Nampula, D. Manuel Vieira Pinto, publica um documento intitulado: "Imperativo de Consciência". Virá a ser perseguido pela PIDE/DGS sendo obrigado a abandonar Moçambique.


1974 
Fevereiro, 12 
 


23 de Novembro de 2014
 

HOME  LINKS  CONTACTOS  

© 2006, Zeppelin Filmes, Lda.
Desenvolvimento: Prodigentia