Tópicos
    ESTADO NOVO / Politica Colonial
     Períodos
Galeria Multi Média
 
 
Movimentos de Libertação.
O líder do PAIGC, Amílcar Cabral, é assassinado em Conackry, num atentado levado a cabo por guineenses dissidentes do PAIGC. O governo português atribuiu a responsabilidade desta acção ao Presidente da Guiné-Conackry, Sekou Touré, enquanto que para o PAIGC se tratou de uma acção concebida pela PIDE/DGS ou pelo governador da Guiné, António de Spínola.


1973 
Janeiro, 20 
 

 
Guerra Colonial. Guiné.
Carta de António de Spínola a Marcelo Caetano sobre a evolução da situação na Guiné e a necessidade de medidas de natureza política.


1973 
Março, 6 
 

 
Independência da Guiné-Bissau
Proclamação unilateral da independência da Guiné-Bissau feita pelo PAIGC, em Madina do Boé, no interior do território. Num curto curto prazo de tempo, 86 países, mais do que aqueles com quem Portugal mantinha, na época, relações diplomáticas, reconhecem o novo Estado.


1973 
Setembro, 24 
 

 
Portugal e o Futuro.
Portugal e o Futuro - António de Spínola entrega um exemplar do seu livro, Portugal e o Futuro, com dedicatória a Marcelo Caetano.


1974 
Fevereiro, 18 
 

 
Portugal e o Futuro.
António de Spínola publica o livro Portugal e o Futuro. Nele se afirma: jamais a essência da Nação, a segurança física e o bem-estar material e social de tantos dos seus cidadãos estiveram em tão grave risco como o estão no presente». Venderam-se. em poucos meses. cerca de trezentos e cinquenta mil exemplares


1974 
Fevereiro, 22 
 


19 de Abril de 2014
 

HOME  LINKS  CONTACTOS  

© 2006, Zeppelin Filmes, Lda.
Desenvolvimento: Prodigentia