Tópicos
    O PÓS 25 DE ABRIL DE 1974 / A Liberdade Regressa
     Períodos
Galeria Multi Média
 
 
Nova Legislação
É publicada legislação referente à destituição do Regime Deposto e legitimação do novo Poder Revolucionário; - Lei n.º 1/74: destitui das suas funções o Presidente da República e o Governo, dissolve a Assembleia Nacional e o Conselho de Estado e determina que todos os poderes atribuídos aqueles aos referidos órgãos passem a ser exercidas pela JSN. - D.L. n.º 169/74: exonera os Governadores Gerais dos Estados de Angola e Moçambique e determina que as suas funções passem a ser desempenhadas interinamente pelos Secretáriso Gerais desse Estados. - D.L. n.º 171/74: extingue a DGS, LP e MP. - D.L. n.º 172/74: dissolve a ANP. - D.L. n.º 179/74: exonera os Governadores Civís do Continente e Ilhas.


1974 
Abril, 25 
 

 
Acção Popular.
As sedes do jornal A Época, da ANP e da Comissão de Censura são destruídas por populares.


1974 
Abril, 26 
 

 
Acção Popular.
Por todo o país realizam-se manisfestações de apoio ao MFA.


1974 
Abril, 26 
 

 
Movimento das Forças Armadas. (MFA)
É publicado o D.L. n.º 173/74 que amnistia as infrações e os crimes políticos.


1974 
Abril, 26 
 

 
Partidos e Movimentos Políticos.
A CDE organiza uma manifestação e distribui um primeiro comunicado intitulado; "A hora é de festa, da acção de luta e de amplas conquistas"


1974 
Abril, 26 
 

 
Partidos e Movimentos Políticos.
A Convergência Monárquica emite um comunicado saudando a JSN. Assinavam o comunicado os futuros fundadores do PPM.


1974 
Abril, 26 
 

 
A Junta de Salvação Nacional.
A JSN recebe representantes de Partidos e Movimentos, entres os quais a CDE, Convergência Monárquica, e a SEDES.


1974 
Abril, 27 
 

 
Acção Militar.
A PIDE/DGS de Coimbra rende-se.


1974 
Abril, 27 
 

 
Aeroporto de Lisboa.
É reaberto o Aeroporto de Lisboa.


1974 
Abril, 27 
 

 
Intersindical Nacional.
Faz uma reunião com 15 sindicatos saudando o MFA, e apresenta um caderno reivindicativo de 14 pontos.


1974 
Abril, 27 
 

 
Nova Legislação.
- É publicado o D.L. n.º 174/74 que estabelece que enquanto não tomar posse o Governo Provisório Civil é criado junto dos ministérios o cargo de delegado da JSN. - É publicado o D.L. n.º 175/74 que estabelece o dia 1.º de Maio feriado Nacional, considerado o Dia do Trabalhador.


1974 
Abril, 27 
 

 
O regresso dos exilados.
Chega a Lisboa, Santa Apolónia, o Dr. Mário Soares Secretário Geral do PS.


1974 
Abril, 28 
 

 
O MFA.
Vindo dos Açores para onde fora compulsivamente regressa a Lisboa o capitão Vasco Lourenço.


1974 
Abril, 29 
 

 
1.º de Maio.
A JSN autoriza as manifestações do 1.º de Maio. Spínola adverte que "depois é preciso pôr termo à agitação"


1974 
Abril, 30 
 

 
Estudantes.
Em Lisboa reunem em plenário com cerca de 10 000 estudantes.


1974 
Abril, 30 
 

 
Humberto Delgado.
A familia do General Humberto Delgado requer junto da Policia Judiciária que seja aberto um inquérito sobre a sua morte.


1974 
Abril, 30 
 

 
Libertação Presos Políticos.
São libertados os presos políticos do Tarrafal.


1974 
Abril, 30 
 

 
O regresso dos exilados.
Chega ao aeroporto da Portela o líder do PCP, Álvaro Cunhal.


1974 
Abril, 30 
 

 
O regresso dos exilados.
Um comunicado da JSN autoriza o regresso de todos os exilados políticos.


1974 
Abril, 30 
 

 
Reconhecimento Internacional.
Países como os EUA, Alemanha Federal, França Espanha, Brasil, África do Sul, Vaticano, reconhecem o regime nascido da revolução.


1974 
Abril, 30 
 

 
O 1.º de Maio.
Feriado Nacional, grandiosas manifestações em todo o País, juntam muitas centenas de milhares de pessoas como já não havia memória.


1974 
Maio, 1 
 


23 de Novembro de 2014
 

HOME  LINKS  CONTACTOS  

© 2006, Zeppelin Filmes, Lda.
Desenvolvimento: Prodigentia