32 ANOS
DE LIBERDADE
30 ANOS DE PODER DEMOCRÁTICO 1976 - 2006

 

   
AGOSTINHO DA SILVA
         
   
 
  Autor:

  Editor:

  Ano:

  Título:

   

 
   
 


ROMANCEIRO I
GARRETT, ALMEIDA
EDITORIAL ESTAMPA . Novembro de 1983


PROBLEMAS QUOTIDIANOS DE EDUCAÇÃO
LÈZINE, IRÈNE
LIVROS HORIZONTE .


A GREGOS E TROIANOS
TEIXEIRA, ARISTIDES
EDIÇÃO DO AUTOR . Março de 1981


OS CAMINHOS DA PAIXÃO
WINTERSON, JEANETTE
QUETZAL . Janeiro de 1991


LIBELO ACUSATÓRIO
NAVARRO, ANTÓNIO MODESTO
PRELO . Janeiro de 1968

 


TINHO DA SILVA (1906-1996) Agostinho da Silva é dos mais paradoxais pensadores portugueses do século XX. O tema mais candente da sua obra foi a cultura de língua portuguesa, num fraternal abraço ao Brasil e aos países lusófonos. Todavia, a questão das filosofias nacionais não é para si decisiva, parecendo-lhe antes uma questão académica: «Não sei se há filosofias nacionais, e não sei se os filósofos, exactamente porque reflectem sobre o geral, se não internacionalizam desde logo».